BEM-VINDO Á VALL'DOAIDO! ESTAMOS MUITO FELIZES EM RECEBÊ-LO NO NOSSO SITE.

Fundada em 2015 por três sócios, naturais de Castelo de Vide, que deram as primeiras letras do seu apelido para formar a marca. Barrigas, Roque e Nabo - BARONA.

A experiência na produção de cerveja artesanal juntamente com a ávida vontade de aprender e investigar promoveu o passo seguinte, profissionalizar o negócio e criar uma microcervejeira com instalações em Marvão, no coração do Alto Alentejo.

Todos os esforços desenvolvidos têm sido no sentido de tornar a Cerveja BARONA na melhor cerveja artesanal do Alentejo e ao mesmo tempo para alcançar o reconhecimento a nível nacional no mercado das cervejas artesanais de referência.

Os prémios até ao dia de hoje recebidos, são mais que um selo de qualidade das cervejas BARONA, são o reconhecimento de todo o trabalho e dedicação que a equipa tem vindo a desenvolver para continuar a responder, de forma responsável e sustentada, às exigências dos nossos consumidores que são cada vez mais exigentes.

Fica então o desafio da cerveja BARONA: “Quebra os velhos hábitos e vem espreitar o mundo cervejeiro que se expande para além do industrial”.

Uma nova Força na tradição do Douro.

Os vinhos QALT e Zuccaro, da Quinta Alta, são a realização do sonho de Fernanda Zuccaro que deixou o Brasil, em Novembro de 2016, para se tornar produtora de vinhos no Douro.

Fernanda, responsável pela empresa, não se intimidou com a dureza do Douro. Muito pelo contrário, encantou-se e foi seduzida pela força e magia de uma terra onde só os fortes resistem.

Quinta Alta colhe e vinifica as uvas de suas duas propriedades: Quinta da Longra, em Moura Morta, no Baixo-Corgo com vista para o Marão, de onde vêm os brancos e os rosés, e a Quinta Alta dos Álamos, em Ervedosa do Douro, no Cima-Corgo onde “nascem” os tintos

A Soutos da Vila dedica-se à produção e comercialização de fruta. Situada em Sernancelhe (a poucos quilómetros de Viseu), vila conhecida pela elevada qualidade da sua castanha.

Os principais frutos são a castanha, a avelã, a amêndoa, o morango, a cereja e o mirtilo. Com cerca de 200 hectares plantados, a sua produção encontra-se certificada segundo o referencial GLOBALG.A.P. para que o consumidor possa retirar o verdadeiro sabor dos seus produtos, desfrutando da melhor qualidade, aroma e frescura, com toda a confiança. A comercialização dos frutos é preparada em modernas instalações, dotadas de moderno equipamento de calibragem, esterilização (no caso da castanha), escolha, embalamento e armazenamento a frio (tal como o transporte), e tem implementado o sistema de gestão da segurança alimentar segundo o referencial NP EN ISO 22000.

A família Correia de Sequeira foi pioneira no turismo rural no Douro, abrindo as portas das suas Quintas aos visitantes em 1993. E ao longo dos anos são muitos os visitantes de todo o mundo que regressam para viver com a família esta experiência única.

Para receber os viajantes de todo o mundo que visitam a propriedade da família no Douro, os Sequeira colhem o melhor das suas vinhas e pomares.

Assim nascem estes atraentes Vinhos do Porto e do Douro aperfeiçoados por Rita Sequeira a partir de uma escolha das melhores e mais tradicionais castas de uvas locais. Mas também o mais puro Azeite Virgem do Douro e ainda tentadoras compotas feitas com a fruta mais suculenta da estação, apuradas a partir de antigas receitas da família.

Cada produto Sequeirinha é um cuidado “blend” do melhor das propriedades da família, cuidadosamente elaborado para se harmonizar com cada momento da vida. E para trazer, também até si, a natureza perfeita do Douro.

Na região vitivinícola da Bairrada, conhecida pela excelência dos seus vinhos espumantes, a empresa Quatro Cravos detém duas adegas, a Adega Cravo e a Adega Original, que produzem vinhos DOC Bairrada e IGP Beira Atlântico.

Os vinhos tranquilos e espumantes aqui produzidos irão surpreendê-lo e, a sua qualidade resulta da combinação do património rico em métodos tradicionais com tecnologia de ponta.

No ano de 1911 é registada a primeira produção de vinho na Adega Cravo. Durante mais de cem anos, passando de geração em geração, a família manteve a tradição na produção de vinhos. O conhecimento e o património
familiar, e a experiência da vinha e do vinho perduraram até ao presente.

A construção da Adega Original e a aquisição de terrenos para plantação de vinhas novas, vieram solucionar a limitada capacidade da centenária Adega Cravo, o que permitiu ganhar dimensão e consistência na produção de vinhos tranquilos e espumantes de elevada qualidade. A Adega Original remete para a ideia de algo novo, puro, autêntico, moderno e genuinamente bairradino. A identidade da adega
centra-se no conceito da palavra origem, que significa o início, a raiz das coisas que existem, o ponto de partida.

Esta é a nossa história que muito nos orgulha!
A Família Ferraz produz vinho desde que há memória!
As nossas quintas são o nosso património mais valioso, situam-se na aldeia de Vale
Flor  na Beira Interior e também na freguesia de Horta do Douro, concelho de Vila Nova de Foz Côa, em pleno Douro Superior centro de Portugal. Temos aproximadamente 20 hectares com castas tipicamente portuguesas, a grande maioria com cerca de meio século e as restantes com 10 anos à 15 anos…
O terroir tipo desta região, altitudes médias de 500 a 700 metros, o solo granitico e o microclima ajudam a produzir uvas únicas.
Há 5 anos engarrafámos os nossos primeiros vinhos. Antes disso construímos uma nova adega com as mais modernas tecnologias, para uma garantia absoluta de qualidade.
Temos connosco um Enólogo experiente (José Brandão) autor de inúmeros projetos
na Beira Anterior e um dos princípios responsáveis pelo crescimento desta região 43.7% no ano transato, com formação na mais prestigiada Universidade portuguesa e pertencente à região vitivinícola da Beira Interior.
Atualmente temos vinhos tintos, brancos e rosés, sempre com denominação de origem da Região da Beira Interior.
Produzimos, em média, 16000 litros de vinho tinto, 12.000 de vinho branco e 2000 de vinho rosé. O controlo de fabrico dos vinhos é feito por nós, em todas as etapas da produção e por isso em cada ano os vinhos são diferentes, mas sempre com qualidade garantida! Esta ideia teve como motivação principal, não deixar esquecido o trabalho árduo dos  nossos antepassados e dai deriva o nosso slogan : Wine, Love and Familiy!

Bild von Teresa Metelo Dias VolteFace

VolteFace conta a história de Teresa Metelo Dias, crescida nas vinhas mas apaixonada pela Psicanálise, licenciou-se em Psicologia e especializou-se em Psicanálise. Cedo, porém, (re)encontra uma nova paixão - os vinhos - e não hesita em ingressar novamente no mundo académico e licenciar-se em Engenharia Agronómica: este foi, aliás, o primeiro grande Volte-Face da sua vida.

Começa então a sua carreira profissional no mundo dos vinhos, dirigindo a empresa vinícola familiar, já com 300ha, até à sua venda em 2012: o segundo grande Volte-Face que viveu. Então, sem vinhas, sem adega, sem terra e sem nada a perder, decide: "vamos fazer algo bem alto". Decidiu iniciar o seu próprio projeto de vinhos arrojados em 2013.

Não teve dúvidas quanto ao nome da marca: VolteFace. A garrafa mascarada veio à cabeça e foi agarrada como um bebé, criada como uma rainha e entregue ao mundo como o sol, fazendo as delícias dos mais ousados e ofuscando os outros. Estava criada a embalagem polémica que todos conhecem. Em 2015 adquiriu uma propriedade de 70ha em Valverde, Évora, Alentejo, plantando 5 ha de vinhas das seguintes castas: Alicante Bouschet (3ha), Syrah (0,5ha), Petit Verdot (0,5ha), Antão Vaz (0,75ha) e Arinto (0,25ha). A par da irreverência do packaging, aposta nas castas tradicionais e típicas da região, nomeadamente a Alicante Bouschet para os tintos e a Antão Vaz para os brancos.

A estratégia da empresa passa pelo engarrafamento exclusivo de marcas de gama alta, com uvas maioritariamente autóctones de qualidade superior, distinguidas pela imagem sofisticada, glamorosa e irreverente das embalagens.